Blog Widget by LinkWithin

2016-05-08

No Tempo das Cerejas - Maria de Lourdes Carvalho (na voz de Gonçalo Salgueiro)




Que estranha forma ousou Deus
Em dar aos sentidos meus
Um sabor inesperado;
Cerejas, recordo bem
Dizias tu, minha mãe
Ser meu tempo chegado

Parei à beira dum rio
Onde já não sinto frio
Nem vontade de o cruzar
Foi o tempo em que a vida
Toda ela era sentida
Sob a luz do teu olhar

Cantando, fui mais além
Eu fui eu, eu sou alguém
Nos versos da minha vida
Trouxe fados nos sentidos
Lágrimas em sonhos perdidos
Numa eterna despedida

P'ra mim foi sempre assim
Tudo começa no fim
Onde quer que me vejas
Pensando partir, fiquei
Presa ao tempo em que me dei
Recordando essas cerejas

Maria de Lourdes Carvalho nasceu na freguesia da Lomba, concelho de Amarante em 8 de maio de 1950