Blog Widget by LinkWithin

2020-09-28

Ondas do Mar - Tim

Read More...

2020-09-02

Poesia de provérbios

É mais fácil aconselhar do que praticar.
É mais fácil pensar do que dizer.
É mais fácil demolir do que edificar. 
É mais fácil presumir do que saber. 

É mais fácil prometer do que dar. 
É mais fácil tomar que restituir.
É mais fácil um boi voar. 
Falar verdade a mentir. 

Falas-me a gagejar, estás-me a enganar. 
Trigo de Janeiro engorda o carneiro.
Faz bem jejuar depois de jantar.
Não há amor como o primeiro. 


Cada verso é um provérbio! Composição de Fernando Semana 

Provérbios retirados de: Rifoneiro português, Pedro Chaves, Editorial Domingos Barreira 
O Grande Livro dos Provérbios, José Pedro Machado, Círculo de Leitores

Read More...

2020-08-27

Eu vi a linda Estela, e namorado - Alvarenga Peixoto


Eu vi a linda Estela, e namorado 
Fiz logo eterno voto de querê-la; 
Mas vi depois a Nize, e é tão bela, 
Que merece igualmente o meu cuidado. 

A qual escolherei, se neste estado 
Não posso distinguir Nize de Estela?
Se Nize vir aqui, morro por ela;
Se Estela agora vir, fico abrasado. 

Mas, ah! que aquela me despreza amante, 
Pois sabe que estou preso em outros braços, 
E esta não me quer por inconstante. 

Vem, Cupido, soltar-me destes laços, 
Ou faz de dois semblantes um semblante, 
Ou divide o meu peito em dois pedaços!


Inácio José de Alvarenga Peixoto (Rio de Janeiro, 1 de fevereiro 1744 — Ambaca, Angola, 27 de agosto 1792 ou 1 de janeiro de 1793)

Read More...

2020-08-16

E a Vida foi, e é assim, e não melhora - António Nobre

E a Vida foi, e é assim, e não melhora.
Esforço inútil. Tudo é ilusão.
Quantos não cismam nisso mesmo a esta hora
Com uma taça, ou um punhal na mão!
Mas a Arte, o Lar, um filho, António? Embora!
Quimeras, sonhos, bolas de sabão.
E a tortura do Além e quem lá mora!
Isso é, talvez, minha única aflição.
Toda a dor pode suportar-se, toda!
Mesmo a da noiva morta em plena boda,
Que por mortalha leva... essa que traz.
Mas uma não: é a dor do pensamento!
Ai quem me dera entrar nesse convento
Que há além da Morte e que se chama A Paz

António Pereira Nobre (nasceu no Porto a 16 de Agosto de 1867 e foi  vítima de tuberculose pulmonar, na Foz do Douro, Porto a 18 de Março de  1900).

Read More...

2020-06-18

José Saramago, o nosso Nobel da Literatura faleceu há dez anos


Mas porquê, avó, por que te sentas tu na soleira da tua porta, aberta para a noite estrelada e imensa, para o céu de que nada sabes e por onde nunca viajarás, para o silêncio dos campos e das árvores assombradas, e dizes, com a tranquila serenidade dos teus noventa anos e o fogo da tua adolescência nunca perdida:«O mundo é tão bonito, e eu tenho tanta pena de morrer!»

José de Sousa Saramago nasceu na Azinhaga, Golegã, 16 de novembro de 1922 — f. Tías, Lanzarote, Espanha a 18 de junho de 2010

Read More...