Blog Widget by LinkWithin

2010-12-01

MARÍLIA - Eloy Ottoni

Sonhei, Marília, que contigo estava,
Que o tenro Honório alegre me dizia:
Meu pai! apenas este nome ouvia,
Suspenso nos meus braços o apertava.

Que a pequena Eduviges reparava
No meu semblante; como que sorria:
Que os braços amorosa me estendia
E que eu chorando as faces lhe beijava.

Antes, Marília, o sonho eu não tivera!
Nos braços da saudade despertara
Porém dor tão pungente não sofrera:

Sonhei, Marília, o que antes não sonhara,
Pois passando de um gozo ao que não era,
Sem filhos, sem Marília, não me achara.


José ELOY OTTONI, nasceu em 1 de Dezembro de 1764 na Villa do Príncipe, depois cidade do Serro, Minas, e faleceu na cidade do Rio de Janeiro a 3 de outubro de 1851.


1 comments:








Carmem L Vilanova

disse...

Querido amigo,
Que lindo poema!
Gostei imenso!
Beijos, flores, muitos sorrisos, regatos a tuas lindas poesias!