Blog Widget by LinkWithin

2017-02-22

Pontos de Vista - Giuseppe Ghiaroni


Na minha infância, quando eu me excedia,
quando eu fazia alguma coisa errada,
se alguém ralhava, minha mãe dizia:
- Ele é criança, não entende nada!

Por dentro, eu ria satisfeito e mudo.
Eu era um homem, entendia tudo.

Hoje que escrevo histórias e poemas
e pareço ter tido algum estudo,
dizem quando me vêem com meus problemas:
- Ele é um homem, ele entende tudo!

Por dentro, alma confusa e atarantada,
eu sou uma criança, não entendo nada!

Giuseppe Artidoro Ghiaroni (Paraíba do Sul, Rio de Janeiro, Brasil, 22 de fevereiro de 1919 — Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil, 21 de fevereiro de 2008)


0 comments: