Blog Widget by LinkWithin

2017-02-26

INTERIOR - Fernando Echevarria


Os espelhos estudam pelo inverno
o brilho do seu timbre envelhecido.
Auscultam nimbos últimos. No intento
de sugerirem cantos, quando os vidros

ângulos abrem fundos ao silêncio
e o crescimento dum lugar antigo.
A luz, depois, recolhe-se ao momento
de estar ensimesmando os tempos idos.

Que, frágeis, fulgem, quase nem reflexos
de um mundo sonolento de vestígios.
Depois ainda, a superfície um vento

esculpe. Efígies e apagados signos
adormecem em paz. Enquanto o espelho
atento guarda a escuridão do sítio.

in Uso de Penumbra

Fernando Ferreira Echevarría, poeta português, nasceu em Cabezón de la Sal, Santander, Espanha, a 26 de fevereiro de 1929.