Blog Widget by LinkWithin

2015-05-09

OCASO MARINHO - Lucian Blaga



Se esvai no jogo de luzes
o salto crepuscular do delfim.

A onda apara os nomes
escritos na areia e os rastros.

O sol, lágrima do Senhor,
cai nos mares do sono.

O dia se extingue, e as notícias.
A sombra faz crescerem os sinais.

Ah, para quem existem os longos
tempos? Para quem os mastros?

Oh, a aventura, e as águas!
Coração, cerra as pálpebras.

Trad. Luciano Maia

Lucian Blaga nasceu a 9 de maio de 1895, em Lancrăm, lângă Sebeș, comitatul Sibiu faleceu a 6 de maio de 1961, em Cluj-Napoca, Roménia