Blog Widget by LinkWithin

2015-03-22

E A RIMA SUMIU - Ivan Justen Santana

ela entrou pela janela do banheiro
sei lá se já era janeiro
talvez fosse quase dezembro
essa rima é óbvio que não lembro

ela veio fugindo da métrica
sua velha madrasta frígida e tétrica
vestida de pânico que viu na rua
aquela era uma rima a meu ver nua

eu todo estupefato e ela logo ali
de fato no ato não a reconheci
apesar dos dois bicos dos seios duros
a rima não tirou os óculos escuros

no que fui agarrar senti só o vazio
e em vez de sumir ela desapareceu


Ivan Justen Santana nasceu em Curitiba em 22/03/1973