Blog Widget by LinkWithin

2013-08-30

Adivinhação - Magdalena Léa (na passagem do centenário do nascimento)

Poema feito a propósito do Dia da Árvore

Hoje é o dia da árvore,
Colegas do coração,
E eu vou dar a vocês
Uma boa adivinhação:

Em casa tenho uma árvore
Plantada no meu quintal,
Que dá uma fruta linda,
Como outra não há igual.

De ouro é a sua casca
E nasce em pencas, podem crer.
Tão boa, nem tem caroço...
Tudo é para se comer...

Não há quem não goste dela,
Nem menino, nem menina,
E o doutor sempre diz
Que tem muita vitamina.

Não adivinham, pois não?
A árvore é bem brasileira!
Ah! vou dizer-lhes então:
Bananeira! Bananeira!

poema extraído daqui

Magdalena Léa Barbosa Correia nasceu em 30 de agosto de 1913, no bairro de São Cristóvão, Rio de Janeiro, tendo falecido no dia doze de junho de 200

Ler da mesma autora: Poema ao Homem Completo


0 comments: