Blog Widget by LinkWithin

2012-04-30

Corja de malfeitores ou miríade de vesgos deram o título ao FCP

video
Bendita crise que ontem foi dia de festa... e amanhã, por enquanto (pelo menos) temos feriado! Mais duas festas se avizinham. E, assim, de festa em festa, se comemora o resultado de uma "corja orquestrada de malfeitores" do apito ou "miríade de vesgos" (sim, recuso a chamar-lhes de cegos, porque estes merecem-me mais respeito até porque vêm mais... ou não vendo... não verão nem uma cor nem outra, ou seja são isentos).

A partir de certa altura - desde o alerta de "entreguem-lhes as faixas" - tal qual canção de abril para "tocar a reunir" foi sempre a aviar. Penaltis a favor ... todos, penaltis contra - nenhum, isto claro para um dos clubes. No dia seguinte (ou anterior, conforme o calendário) joga o clube rival: penaltis a favor - nenhum (vá lá deixa-me marcar um). Penaltis contra todos os possíveis (e imaginários). E foi assim que o FCP comemora o seu 26º título (como muitos dos recentes, sempre com a batuta do Pinto da Costa a comandar PP's, Benquerenças, Baptistas, Xistras, Sousas, Dias & Cia. tudo gente muito fina ... e descendente da geração das recepções em casa, dos "quinhentinhos", do "café com leite", de viagens ao Brasil e de conselhos matrimoniais... porque são gente muito dedicada à causa e com sentido corporativo...

Desde Coimbra (para não falar em Guimarães, porque aí a culpa maior foi de JJ) em que houve um penalty maior do que o Edifício da Universidade e que se viu desde o Choupal até à Lapa sobre o Aimar, convertido em falta contra o Benfica, passando pelo próprio clássico com um 2-2 ainda insuficiente para dar a liderança ao FCP (já depois de as equipas terem ficado a jogar 10 contra 11) a ser convertido em 2-3 com um duplo fora de joga em lance de bola parada - estavam todos a olhar para a impressionante obra de arquitectura do Estádio ! - repetindo-se assim a dádiva do campeonato que o PP já fizera anos antes ao marcar um inventado penalty fabricado pela dupla PP/Lizandro(a vítima foi Yebda) a 10 minutos do fim do jogo com o resultado favorável ao Benfica por 1-0 e que foi transformado em empate - até aos penaltis de abertura no Estádio do Dragão sempre que à meia hora de jogo o resultado ainda fosse de 0-0, passando por Alvalade em que um penalty no primeiro minuto de Polga sobre Gaitán foi convertido em pontapé de canto - ainda te queixas? Preferias pontapé de baliza? - ... tal orquestra afinada ... atingiu o clímax neste fim de semana. Na Madeira dois penaltis contra os ilhéus, mas pelo meio ficou por marcar um que daria o empate e a expulsão (2º. cartão amarelo) de Hulk. O quê? O Porto empatar o jogo no Funchal e com o Hulk sem poder jogar no Dragão contra o Sporting, que ainda pode chegar ao 3º lugar? Como pode lá ser isso? Já viram o esforço que o meu colega teria de fazer para pôr o Porto (naturalmente nervoso) a ganhar esse jogo?

No dia seguinte um Benfica, abatido e apático .. é certo, mas estava empatado 2-2 a dez minutos do fim, quando se verifica um penalty sobre Cardozo... Ora essa, levanta-te e joga que tu não jogas nada (ontem não jogou mesmo). Dois minutos depois um «comboio» atropela completamente um «carrinho ligeiro» (leia-se Saviola). O quê? Um TGV? Não, isso não existe em Portugal... e assim dois penaltis a dez minutos do fim ficaram por marcar, mas invenções de faltas de Maxi Pereira (na defesa) e de Bruno César (no ataque) foram apitadas... E assim Benquerença fez jus ao que anda a fazer há vários anos desde um Benfica-Guimarães em 2004, passando por um Leixões-Benfica para a Taça de Portugal em que fiquei molhado e humilhado à custa desse sujeito, com derrota no desempate através de grandes penalidades e muitos outras "provas de classe" que o conduzem a árbitro internacional. Pois sabem que este sujeito não arbitrava um jogo do Benfica desde o escandaloso Guimarães- Benfica da época passada? Voltou ... agora a três jogos do fim ...para continuar a "roubar" o Benfica a seu bel-prazer. Grande encomenda ... Afinal, esta mecânica de não se anunciar quem são os árbitros é espectacular! Assim, eles podem agir muito mais à vontade...

Garrafas de champanhe à pressa metidas nos frigoríficos, porque nem destas grandes "benesses" estavam à espera. E agora têm uma dupla festa. Ganhar o campeonato e ter (que arranjar) argumentos para mandar o treinador embora (afinal, o mérito é do Pinto da Costa ... obviamente).

Apesar de tudo isto, hoje leio no jornal que o FCP comemora o 26º. campeonato nacional e surpreendentemente vejo que o Benfica tem 32!!! O quê? Será isso possível? Então os jornais, televisões, rádios e tudo que dá notícias e mexe não diz que o Porto já passou para o comando dos títulos? Pois é verdade... o Benfica tem 32 e o FCP tem 26 (já contabilizando este e todos os outros subsequentes a "apitos dourados" e quejandos).

Ainda faltam, pelo menos mais seis anos .. para o FCP igualar o Benfica em títulos de Campeão Nacional de Futebol! Pinto da Costa faz contas ...e desconfia que não vai conseguir atingir essa ultrapassagem... Mas está já a congeminar uma solução: fazer mudar os regulamentos e passar a existir dois campeonatos numa só época desportiva, como se faz em certos países sul-americanos: um campeonato de abertura e outro de encerramento ("clausura"). Clausurada devia ser essa "corja de malfeitores" ou "miríade de vesgos"- apesar de não serem mil ... são muitos...


1 comments:








Amélia

disse...

Um anónimo dizia que manda quem tem o poder - e no futebol quem tem o poder é Pinto da Costa...O Benfica tinha tudo para ser campeão -mas para o ser é preciso gerir bem o activos(tanto tempo Saviola fora dos eleitos...)E não sei se o esforçado treinador terátido sempre as melhores opções. Para o ano pode ser...
Note-se:por morrer uma andorinha-não acaba a primavera.E, afinal, o grande Barça também se foi um tanto abaixo(perdeu a liga, perdeu a champions)-oxalá possa ganhar a
inda a taça do reie depois uma super-taça com o eterno rival..Sou fã do modo de jogar deles.